Terceira Revolução Industrial - Resumo

A revolução industrial e suas fases é um dos temas mais comuns cobrado no exame nacional do ensino médio (Enem), com base nos Enem's anteriores perguntas relacionadas a este tema costumam corresponder a 7% das questões da área de Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Também conhecida como Revolução informacional, a terceira revolução industrial teve início
em meados século XX, após a segunda guerra mundial, quando o avanço da tecnologia eletrônica uniu a ciência e indústria robotizando o sistema produtivo.

terceira revolução industrial

A partir da década de 1950, diversos campos do conhecimento começaram a sofrer mudanças em consequência do imenso avanço tecnológico vivido neste período.

Indústrias que se destacavam na segunda revolução industrial, como indústrias automotivas, metalúrgicas e siderúrgicas começaram a perder espaço para indústrias que desenvolveram alta tecnologia.

Neste período as indústrias que tiveram destaque foram indústrias do ramo da robótica , informática, genética, eletrônica, comunicação, dentre outras indústrias relacionadas a área de tecnologia.

Como o objetivo das indústrias eram produzir mais em menos tempo, os estudos desenvolvidos na área da tecnologia visava o sistema produtivo, utilizando as tecnologias avançadas nos processos de produção e qualificando funcionários para liderar cada etapa dos processos de produção, comercialização e gestão.

Novas invenções surgiram, muitas delas em prol da Segunda Guerra Mundial. Máquinas antigas que tinham funcionalidades cruciais para indústrias foram aprimoradas, tornando-as mais eficientes e precisas visando a melhoria nos processos produtivos.

Com o surgimento da robótica, os processos organizacionais da indústrias foi alterado, o que diminuiu os gastos com mão de obra, além de encurtar o tempo de produção dos produtos e aumentou a produção e o lucro

Não só os processos industriais foram impactados pelo imenso avanço tecnológico deste período, a terceira revolução industrial também impactou significativamente as relações sociais, as novas tecnologias desenvolvidas viabilizaram a transmissão de informações cadas vez mais rápido estimulando a interação de pessoas de todo o mundo, permitindo a conexão instantânea entre as pessoas. Esta conexão rompeu barreiras físicas e temporais, conectando culturas, tradições, línguas e histórias dando origem ao termo Globalização.

Consequências da terceira revolução industrial

1200 vladgrin gettyimages 488758071

As consequências da terceira revolução industrial puderam ser notadas no desenvolvimento industrial, científico, econômico e social. Os resultados desta fase da revolução se encontra presente nos dias atuais, muitas invenções e produtos produzidos neste período são utilizados pela sociedade, em especial os eletrônicos.

Ao longo da terceira revolução industrial, a alta tecnologia possibilitou a criação de novos computadores, notebooks, diversos produtos eletrônicos e softwares relacionados ao desenvolvimento da internet.

Utilização da energia atômica emergiu, criaram o foguete de longo alcance, satélites começaram a ser usados. Telefones foram aprimorados, dando origem a telefonia móvel. As novas tecnologias modificaram também o campo medicinal viabilizando novas formas de prevenção de doenças e novos tratamentos.

Todas as invenções realizadas neste período tornaram a vida da população mais prática e desenvolveram novas relações sociais, pois o acesso a internet e eletrônicos diminuíram o tempo e distância, permitindo que as pessoas enviem mensagens e imagens instantâneas independente de onde estejam.

O aumento de multinacionais também foi uma consequência da terceira revolução industrial, acelerando o crescimento econômico e consolidando o capitalismo financeiro. As indústrias se espalharam pelo mundo, buscando as vantagens econômicas em países periféricos.

Esta revolução trouxe tanto aspectos positivos quanto negativos à sociedade. Com a evolução dos processos de produção, visando produzir mais em menos tempo, os recursos naturais foram extremamente impactados.

A utilização intensa dos recursos naturais vem preocupando os ambientalistas e estudiosos, que ressaltam que é necessário a busca pelo desenvolvimento sustentável, pois a insana utilização dos recursos naturais podem impactar gerações futuras.

 

Outra consequência negativa dessa revolução é o desemprego, pois com a modernização e o auto uso da tecnologia nos processos industriais, ou seja, a substituição da manufatura pela maquinofatura, a mão de obra foi desvalorizada, o que acabou por aumentar o volume de trabalhadores informais.

 

Agora que você sabe sobre a segunda revolução industrial, que tal colocar seus conhecimentos em prática com Enem Game?

Basta acessar o link abaixo, selecionar a categoria "Ciências Humanas e suas Tecnologias"

Abrir no browser: https://play.enemgame.com.br/#/welcome

Baixar jogo: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.enemgame

Leia também:

Primeira revolução industrial - Resumo

Segunda revolução industrial - Resumo


Siga-nos também nas redes sociais:

  

 

Parceiros