Guia para o Sisu 2019

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é um sistema elaborado pelo MEC com o propósito de facilitar o ingresso de estudantes em instituições de ensino superior público. Em parceria com o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Sisu, viabiliza que os estudantes possam se candidatar para vagas em instituições de ensino superior público de todo o Brasil.

A possibilidade de prestar vestibular para várias instituições do país, sem ter que se locomover para isso, além de poder candidatar-se para o exame com isenção da taxa de inscrição, permitiram que um maior número de candidatos, tivessem chances de ingressar no ensino superior público de qualidade, em especial, aqueles com renda mais baixa.

Atualmente, a maioria das instituições de ensino superior do país, já aderiu à utilização do Sisu como forma de ingresso de novos candidatos. Quer entender melhor como funciona o processo seletivo e como você pode conseguir uma vaga em uma instituição de ensino superior público? confira abaixo.

Funcionamento do Sisu

O Sisu permite que o candidato escolha cursos de graduação em instituições de ensino superior público, que já aderiram ao programa, em todo território nacional. As inscrições, assim como a escolha de curso, são feitas de forma online e gratuitamente, através de uma plataforma interativa, onde o candidato tem, em média, 3 (três) dias para efetuar sua escolha.

O processo seletivo ocorre pouco antes do início de cada período letivo, ou seja, ocorre 2 (duas) vezes por ano, sendo uma no início do primeiro semestre e outra no início do segundo semestre.

Durante as inscrições são liberadas as notas de corte mínimas exigidas para ingressar nas instituições superiores públicas que participam do programa, permitindo que os candidatos verifiquem se a nota obtida no Enem é suficiente para concorrer a uma vaga no curso desejado, caso a nota do candidato não seja suficiente para concorrer aquela vaga, ou seja, for inferior a nota de corte exigida, é possível que o mesmo troque para um curso compatível com sua nota durante o período de inscrição.

O fim do processo seletivo é informado aos candidatos selecionados, para que os mesmos efetuem a matrícula na instituição para qual foram aprovados.

Quem pode participar do programa Sisu

Todos podem participar do Sisu, é exigido apenas que o candidato tenha feito a prova do Enem do ano anterior e não tenha obtido nota 0 na redação.
Não requer uma nota mínima para poder se inscrever no programa, por mais que algumas instituições superiores públicas estabelecem uma nota mínima para alguns cursos, candidatos que tiveram nota inferior não podem concorrer a vaga.

Inscrição do Sisu

Para se inscrever no programa é simples, a inscrição é online e gratuita, basta que o candidato insira o número de inscrição e senha do Enem anterior na plataforma online, acessar a área de cursos e iniciar o processo de inscrição.

A plataforma permite que os candidatos escolham os cursos que desejam, locais, turnos e instituições através de um filtro de busca.

O candidato tem a oportunidade de escolher 2 cursos por ordem de preferência, que podem ser alterados durante o período de inscrição.

As notas de corte dos cursos são liberadas durante o período de inscrição, o candidato deve estar atento para não se candidatar a vagas que exigem uma nota maior do que a nota alcançada no Enem, caso isso aconteça o momento de alterar o curso é no período de inscrição, fique ligado!

Calendário do Sisu

O cronograma do Sisu, com os prazos de inscrição, início dos processos seletivos e todas as explicações sobre o programa é disponibilizado pelo Mec no site oficial. Fique atento para não perder os prazos!

Aplicativo oficial Sisu

Para facilitar que os candidatos tenham acesso às informações, foi desenvolvido o aplicativo oficial do Sisu, onde o aluno pode ter acesso a todas suas informações cadastradas no Enem, como notas obtidas no exame e dados cadastrais. Também possibilita acompanhar a lista de cursos disponíveis, alertas sobre abertura do processo seletivo, instituições participantes e notas de corte atualizadas.

O aplicativo serve apenas para consultas, não é possível fazer alterações em cursos ou editar dados cadastrais.

Nota de corte do Sisu

A nota de corte do Sisu se iguala a nota do último candidato aprovado para determinado curso. A nota de corte é calculada levando em consideração o número de vagas disponíveis por curso e o número de candidatos à vaga, tornando a nota de corte flexível, por tanto é possível que a nota de corte sofra variação drasticamente entre o primeiro e último dia. Lembrando que ter a nota do Enem acima da nota de corte não significa garantia da vaga, pois é possível que haja outros candidatos com a mesma nota, sendo necessário calcular o desempate dos mesmo.

Nota mínima x nota de corte no Sisu

A nota mínima é a nota estabelecida pelas instituições de ensino superior público que participam do programa para eliminar candidatos com notas do Enem inferiores ao considerado o mínimo para se candidatar a vaga. As notas mínimas podem ser avaliadas por áreas do conhecimento específicas ou pela nota geral do exame.

A nota de corte é calculada de maneira automática, utilizando como base as notas dos candidatos que se inscreveram para o curso, a nota de corte não visa eliminar os candidatos, funciona como um direcionamento para que o candidato saiba em quais cursos tem mais possibilidades de ingressar.

Como calcular nota de corte do Sisu

A nota de corte depende do número de vagas disponíveis para determinado curso e do número de candidatos, por isso varia muito. Mas é possível ter uma estimativa analisando a média das notas de cortes de processos seletivos anteriores.

Sistema de cotas

O programa Sisu reserva 50% das vagas ofertadas para candidatos que estudaram todo o ensino médio em escola pública, os outros 50% são destinadas à ampla concorrência.

Quem pode optar pelas vagas reservadas

Apenas candidatos que estudaram todo ensino médio em escola pública, sendo que metade das vagas reservadas são destinadas a candidatos com renda familiar bruta abaixo de 1,5 salário mínimo por pessoa.

Candidatos autodeclarados como pretos, pardos ou indígenas e pessoas com deficiência comprovada também possuem direito a vaga.

O número de vagas destinadas aos candidatos enquadrados nas cotas é baseado no número de estudantes, na mesma situação, já habitantes da instituição do ensino.

Resultado do Sisu

Ao fim do período de inscrição, tem início a liberação dos resultados. Os candidatos são selecionados de acordo com a pontuação no Enem, as maiores pontuações vão preenchendo as vagas primeiro.

Primeira chamada do Sisu

Findada a seleção e colocação dos candidatos pela instituição de ensino, a mesma envia uma lista com tais informações ao MEC, que determina um prazo para que aqueles dirijam-se á instituição de ensino e efetuem sua matrícula. Caso haja desistência, as vagas remanescentes serão ofertadas novamente para candidatos na lista de espera.

Lista de espera

A lista de espera é destinada para candidatos que não alcançaram a pontuação mínima para ingressar no curso, porém, caso houver desistências de candidatos podem ser chamados para preencher a vaga.

Para entrar na lista de espera você deverá entrar no site e acessar seu boletim, você terá entre os dias 29/01 e 05/02 para se registrar na lista de espera.

Segunda chamada Sisu

A segunda chamada do Sisu ofertam as vagas dos desistentes da primeira chamada aos candidatos da lista de espera, sendo ocupadas por ordem de colocação dos candidatos com maior pontuação no Enem.

Agora que você entende tudo sobre o programa, fique atento para não perder os prazos!

Leia também:

Como calcular a média do Enem

Guia para o Enem 2019 Guia para o Enem 2019 

 Siga-nos também nas redes sociais:

 

Parceiros